Vida na Elsevier:
Wael Mansour

localDubai, Emirados Árabes Unidos

"Gosto de trabalhar para empresas multinacionais e globais porque temos a oportunidade de conhecer pessoas e culturas diferentes..."

Fotografia de Wael Mansour

Qual é a sua função na Elsevier?

Sou consultor de clientes para produtos de gerenciamento de pesquisa na região da Turquia, Oriente Médio e Ásia Central. Estou trabalhando com treinamentos e suporte e sou responsável pela renovação dos produtos. É uma região grande, então, tendemos a nos concentrar em países específicos; na Ásia Central, o Cazaquistão é o principal.

Quais são alguns dos principais projetos nos quais você está trabalhando?

Um dos meus projetos preferidos é a implementação do Pure no Cazaquistão. Foi uma das primeiras implementações das quais participei. Também temos a SciVal na Universidade Sultan Qaboos; o que eu gostei muito sobre esse projeto foi que o reitor da universidade participou do treinamento e estava muito interessado no sistema. Ele deu um exemplo muito bom de liderança e sobre como incentivar o uso desses recursos na universidade.

O que a Elsevier representa?

Sou bibliotecário de formação e conheço a Elsevier desde os meus primeiros anos de trabalho em biblioteconomia. Trabalhar na Elsevier faz com que eu sinta que contribuo para cada mestre ou doutor do meu país. Promovemos pesquisas constantemente e ajudamos as universidades a melhorar suas pesquisas. Estou trabalhando em uma região onde a melhora na educação é essencial para o seu desenvolvimento. E estou gostando muito desta função de ajudar países e universidades. Faz a gente sentir que está fazendo alguma coisa boa para o mundo. Os países em desenvolvimento têm uma ambição; eles querem avançar rapidamente na pesquisa científica porque esta é a melhor maneira de melhorar o país como um todo.

Como trabalhar na Elsevier ajudou você a atingir um equilíbrio positivo entre trabalho e vida pessoal?

Estou trabalhando na Elsevier há quase dois anos. No primeiro ano, trabalhei o tempo todo de casa, e como trabalho em uma região remota, isso me deu muita flexibilidade. Agora temos um novo escritório em Dubai, e eu gosto de ir para o escritório. É bom ir para lá e conhecer pessoas, mas algumas vezes preciso viajar por duas ou três semanas e trabalhar de casa é uma maneira legal e flexível de realizar minhas tarefas.

Como é trabalhar para uma empresa global?

Gosto muito de trabalhar para empresas multinacionais e globais porque temos a oportunidade de conhecer gente de diferentes culturas e mentalidades. Todos os colegas que conheci até hoje também foram muito simpáticos. Em geral, as empresas multinacionais e globais também têm bons sistemas e boa organização em comparação às empresas locais.

Você tem alguma conquista de vida em particular da qual tenha orgulho?

Tenho muito orgulho da minha família, que acho que é o maior projeto da minha vida. Tenho quatro filhos: dois meninos e duas meninas. Um dos meus filhos está prestes a entrar na universidade agora e trabalha com a SciVal, o que particularmente me faz ter orgulho dele.

O que você mais aprendeu durante o seu período de trabalho na Elsevier?

Estou na área da educação há 15 anos e o que mais aprendi durante o meu tempo na Elsevier foi sobre a comunidade de pesquisadores e como eles trabalham com diferentes produtos. Embora sempre tenha trabalhado com pesquisa, eu me concentrava mais em softwares e sistemas, mas agora aprendi como as pesquisas são realmente gerenciadas dentro das universidades, e trabalho em grande proximidade com pesquisadores e seus projetos. Eu particularmente gosto de trabalhar com pesquisadores porque sinto que estou fazendo alguma coisa única e muito importante para o desenvolvimento da educação.

Mais pessoas

Foto de Ludvine Allagnat

Ludivine Allagnat

localTóquio, Japão

Foto de Najamuddin Khan

Najamuddin Khan

localDayton, Ohio, EUA

Foto de Justin Mytton

Justin Mytton

localRio de Janeiro, Brasil