Um clínico geral precisa ler 21h por dia para se atualizar?!

pesquisa-personas.jpg

A pesquisa é de extrema importância para o progresso da ciência e da medicina, pois é um recurso que promove o conhecimento. Sem elas, muitas possibilidades de conhecimento não chegam ao público de interesse. As constantes descobertas têm influenciado as formas de contato, tratamentos e cura de doenças. Um exemplo é a pesquisa, publicada na revista Biological Psychiatry da Elsevier, que descobriu que a poluição do ar das residências pode causar anormalidades cerebrais e cognitivas no período fetal, afetando o desenvolvimento da criança em fase escolar.

A pesquisa mostra que essas anormalidades no cérebro interferem no desenvolvimento do controle inibitório, habilidade que regula o autocontrole evitando comportamentos impulsivos, do qual está relacionado problemas de saúde mental, como: vícios, déficit de atenção e transtornos de hiperatividade.

O estudo foi feito através do acompanhamento de um grupo de mulheres holandesas grávidas. O monitoramento foi realizado durante todo o processo de desenvolvimento do feto. A Dra. Mónica Guxens e um corpo de pesquisadores avaliaram, durante um longo período, os níveis de poluição do ar da casa de 783 crianças. O cérebro do feto é muito vulnerável durante o período de gestação, pois ainda não foram desenvolvidos mecanismos de proteção contra as toxinas do ambiente. Os resultados do estudo sugerem que a exposição a níveis considerados abaixo do seguro podem causar danos cerebrais permanentes.

Essas pesquisas são de extrema importância para os avanços da medicina. E além de seus resultados, há uma grande questão: Como os médicos se mantêm atualizados com tantas novas informações?

Com base em um estudo de 2011, a taxa de crescimento do nosso conhecimento médico até 2020 vão dobrar a cada 73 dias. Apenas para manter-se atualizado sobre a literatura relacionada a cuidados primários, seria necessário que um clínico geral lesse por 21 horas todos os dias.

A Elsevier está revendo a forma como disponibiliza seu conteúdo aos profissionais de saúde. A única forma de sabermos as melhores opções é pela sua resposta! Desse modo, a Elsevier te pergunta: o que e como você procura conteúdos para se manter atualizado?

Contribua aqui em 5 minutos.