Os estímulos sonoros e a sensação auditiva

LIVRO: Os estímulos sonoros e a sensação auditiva

Os-estimulos-sonoros-e-a-sensaao-auditiva.jpg

Sabemos que a função do aparelho auditivo é transformar estímulos sonoros mecânicos em sensação auditiva no córtex cerebral. Para exercer tal tarefa, existe uma unidade que recebe o som, a orelha externa; um sistema de condução da energia mecânica, a orelha média; e um sistema ultra especializado de amplificação e codificação dessa energia, a cóclea.

A orelha externa é composta pelo pavilhão auricular e pelo meato acústico externo. Sua função é receber os sons do ambiente e os conduzir para a orelha média; entretanto, os sons medidos no meato acústico externo são consideravelmente diferentes dos sons medidos num campo sonoro.

A orelha média é composta pela membrana timpânica, pelos ossículos (martelo, bigorna e estribo) e pelos músculos tensor do tímpano e estapédio, a orelha média é responsável por transmitir o som que chega pela orelha externa para a orelha interna.

Na figura, temos um esquema do sistema tímpano-ossicular mostrando as diferenças na área e no padrão de vibração dos ossículos. Ae = área do estribo; Amt = área da membrana timpânica; Cb = comprimento da bigorna; Cm = comprimento do martelo.

A massa e a tensão das estruturas da orelha média, assim como regiões específicas da membrana timpânica, transmitem melhor certas frequências. A tensão diminui o movimento nas frequências baixas e a massa diminui o movimento nas frequências altas.

Share
Tweet
Share
Share