Dentes de leite são importantes sim

Dentes-de-leite-sao-importantes-sim.jpg

Mesmo sendo provisórios, os dentes de leite são extremamente importantes para o sorriso, uma vez que são fundamentais para o desenvolvimento funcional e psicoemocional da criança. São eles que dão suporte na construção da fala, mastigação e também colaboram para que os dentes permanentes nasçam no lugar certo. É através deles que o indivíduo aprende como higienizar a boca corretamente e traça os primeiros passos para construir um sorriso bonito.

É importante também, que crianças dos 4 aos 8 anos de idade sejam supervisionadas por adultos no processo de escovação, e que ela seja sempre feita logo após as refeições.

A negligência com os dentes de leite pode causar, a curto prazo, danos mais sérios como a cárie, dor e até perda do dente antes da hora que, a longo prazo, poderá resultar em má oclusões, perda de função, estética, alteração na fala e impacto na qualidade de vida da criança.

Mesmo assim, há ainda quem pense que por serem provisórios, eles não precisam ser tão bem higienizados quanto os permanentes. Segundo a Associação Brasileira de Odontopediatria os profissionais da área têm o dever de orientar e motivar os responsáveis pelas crianças a cuidarem bem da saúde bucal dos pequenos.

COMO OS PROFISSIONAIS DEVEM PROCEDER NO PRIMEIRO CONTATO ODONTOPEDIÁTRICO

¹Considerando que o primeiro contato do bebê com o odontopediatra é de extrema importância, é desejável que as primeiras experiências sejam agradáveis, iniciadas com a familiarização das instalações e com a equipe de atendimento.

Essa abordagem inicial deverá ser conduzida com base na idade e no temperamento do bebê, começando com uma aproximação de natureza lúdica (jogos, brinquedos, objetos que despertem interesse), seguida pelo falar/mostrar/fazer. Posteriormente procede-se ao exame bucal.

Caso o bebê já seja portador de alguma doença, como cárie ou trauma, ao odontopediatra e equipe cabe fazer desse primeiro atendimento, o menos desconfortável possível.

A primeira consulta deve ser realizada preferencialmente apenas com os pais, para que o profissional possa apresentar o seu consultório e/ou clínica e a sua proposta de trabalho. A ausência dos pequenos pacientes permitirá que os pais possam conversar com mais tranquilidade como o odontopediatra. Se isso não for possível, é conveniente que, no momento dessa primeira visita, um membro da equipe auxiliar fique com o bebê para distraí-lo.

¹Trecho retirado do livro ASB e TSB – Formação e Prática da Equipe Auxiliar, Elsevier

Imagem: Google

Share
Tweet
Share
Share