Cuidados com as infecções na reabilitação dentária

Cuidados-com-as-infecoes-na-reabilitaao-dentaria.jpg

A reabilitação dentária, hoje em dia, não é somente a simples colocação de coroas (dentes). O desenvolvimento científico nessa área, possibilita a reabilitação total do sorriso do paciente, fazendo com que seus dentes além de exercerem a função de mastigação, componham um sorriso onde não se note a presença de próteses ou dentes artificiais.

Em alguns casos, quando a higiene oral é deficiente ou quando o paciente sofre de fatores sistêmicos de risco (diabetes, tabagismo, toma de alguns medicamentos, etc), ou se eventualmente houve um mau planejamento do caso, podem surgir infecções semelhantes às infecções periodontais. Estas infecções devem ser tratadas prontamente de forma a evitar a perda do implante afetado. Veja alguns tipos de infecções relacionadas com implantes:

  • ¹Peri-implantite: perda óssea progressiva (da crista ao ápice) ao redor dos implantes
  • Peri-implantite retrógrada (RPI): lesão que ocorre na área periapical de implantes osseointegrados, também chamada de lesão periapical do implante, diferenciar RPI de defeito por osteotomia causado pela inserção de implante mais curto do que a osteotomia preparada
  • Osteomielite: inflamação do osso e da medula óssea em decorrência de infecção bacteriana, mandíbula > > maxila, deve ser diferenciada de malignidade, pois a aparência radiográfica é similar

CONSIDERAÇÕES PRÉ-OPERATÓRIAS

  • Avaliação radiográfica para infecção ativa ou que está em processo de cura na área de colocação do implante planejado
  • Resolução de infecção periapical, periodontal ou residual ativa antes da colocação do implante
  • Técnica estéril deve ser usada

FATORES PREDISPONENTES

  • Infecção residual a partir de um dente extraído ou infecção de dente adjacente envolvido periapicalmente
  • A necrose de osso pode ocorrer se o calor excessivo forgerado durante a perfuração na osteotomia

COMPLICAÇÕES

  • Perda do implante: implante já não está mais integrado
  • Inflamação: dor, vermelhidão, inchaço, secreção purulenta
  • Fratura patológica: a integridade do osso está comprometida pela perda de mineralização óssea e presença de implante no osso


¹ Trecho retirado integralmente do livro Especialidades em imagens: implantes dentários, Elsevier

Share
Tweet
Share
Share