Ataque cardíaco: o que é e qual a técnica médica usada para reverter o quadro?

Ataque-cardiaco-o-que-e-e-qual-a-tecnica-medica-usada-para-reverter-o-quadro.jpg

¹Um ataque cardíaco ocorre quando a perfusão ao miocárdio é insuficiente para manter as necessidades metabólicas do tecido, levando a danos irreversíveis ao mesmo. A causa mais comum é a oclusão total de uma das principais artérias coronárias.

Doença arterial coronariana

A oclusão de uma grande artéria coronária, geralmente devido a aterosclerose, leva à oxigenação inadequada de uma área do miocárdio e à morte celular. A gravidade do problema está relacionada ao tamanho e localização da artéria envolvida, se a oclusão é ou não completa, e dos vasos colaterais estarem ou não proporcionando a perfusão ao território a partir de outros vasos. Dependendo da gravidade, pacientes podem apresentar dor (angina) ou infarto do miocárdio (IM).

Intervenção coronária percutânea

Essa é uma técnica na qual um longo tubo fino (um cateter) é introduzido na artéria femoral na coxa, passa pelas artérias ilíacas externa e comum, entra na aorta abdominal. Ela continua a ser movida para cima pela aorta torácica até as origens das artérias coronárias. As artérias coronárias também podem ser acessadas pelas artérias radiais ou braquiais. Um fio fino é, em seguida, passado por dentro da artéria coronária e é usado para atravessar a estenose. Um fino balão é, então, passado sobre o fio e pode ser inflado no nível da obstrução, dilatando-a. Esse procedimento denomina-se angioplastia. Mais comumente, isso é ampliado pela colocação de uma fina malha (um stent) dentro da obstrução para mantê-la aberta. Outras intervenções percutâneas são a extração de um trombo coronário por sucção e a ablação de uma placa.

Revascularização da artéria coronária

Se a coronariopatia for muito extensa para ser tratada por intervenção percutânea, pode ser necessária uma cirurgia de revascularização do miocárdio. A veia safena magna do membro inferior é retirada e utilizada como um enxerto. Ela é dividida em vários pedaços, cada um dos quais é usado como ponte de desvio das áreas ocluídas das artérias coronárias. As artérias torácicas interna e radial também podem ser utilizadas.



¹Trecho extraído integralmente do livro Gray’s Anatomia Clínica para Estudantes, 3ED

Share
Tweet
Share
Share