A busca pela saúde dental

A-busca-pela-saude-dental.jpg

A Elsevier Saúde convidou Antônio Monnerat*, autor do livro TRA – Tratamento Restaurador Atraumático, Abordagem Clínica em Saúde Pública, para falar um pouco mais sobre a dificuldade no acesso ao dentista que muitas famílias brasileiras ainda encontram. Confira o relato abaixo:

Lucas, 7 anos, filho de Jaqueline, mora com sua mãe e seus 5 irmãos em Jacarecipe, distrito de São João de Itaquara. Num dia, após voltar caminhando os 6 km que separam sua casa da escolinha, comenta com a mãe sobre um buraquinho no seu dente. Jaqueline pergunta se está doendo o menino, pouco interessado, diz que não. O Posto de  Saúde mais próximo fica a 11 km de distância, dos quais 2 devem ser percorridos a pé. O garoto não pagaria o ônibus mas ela sim. Jaqueline trabalha como diarista e levar o filho ao posto de saúde significa um dia de trabalho perdido. Mais do que isto ela sabe que o dentista precisará de mais algumas consultas e se for coerente terá que levar os outros garotos também que têm contextos odontológicos parecidos. Assim começa uma história que se repete diariamente em vários locais do Brasil.

Buscar alternativas de acesso à odontologia vem sendo um desafio do profissional de saúde pública. Unidades de saúde distantes, fila de espera, a perda do dia de trabalho e o pior, o medo do dentista são argumentos mais que suficientes para adiar a ida ao dentista até quando a dor for daquela de não mais dormir. Geralmente, dente com dor significa tratamento de canal ou necessidade de extração.

No intuito de reverter tais situações, além da ação educativa associada à instrução de higiene e ao flúor, é necessária uma intervenção precoce nas pequenas lesões cariosas. Para que isto ocorra de forma universal em um país continental como o nosso, o Tratamento Restaurador Atrumatico (TRA ou ART, a sigla em inglês) é essencial. Uma técnica que pode ser executada em escolas e centros comunitários, que é indolor, rápida, barata e com material restaurador que libera flúor pode parecer algo fácil de ser implementado, mas barreiras como organização prévia detalhada, transporte, preconceito pelos próprios profissionais costumam coloca-la em segundo plano na rotina das equipes de saúde bucal.

Com 20 capítulos, o Livro TRA – Tratamento Restaurador Atraumático, Abordagem Clínica em Saúde Pública, abrange desde a implementação da técnica passo a passo aplicada não só em ambientes não odontológicos como também em odontológicos, indicando precisamente em quais condições clínicas deve ou não ser aplicada. Anda traz toda literatura atual sobre o TRA, com um capítulo dedicado à remoção de Cárie e seus novos conceitos, detalha a organização prévia para uma ação odontológica em um ambiente desprovido de tecnologia, aborda o Cimento de Ionômero de Vidro, pacientes especiais como gestantes, cardiopatas, HIV positivos, idosos, pacientes com desvio de comportamento e com câncer. Bibliografia indispensável para alunos de graduação, especialização de odontopediatria, estomatologia, dentística, além de Técnicos e Auxiliares em Saúde Bucal (TSBs e ASBs) e para preparação para concursos públicos.

*Antônio Monnerat é professor associado da Faculdade de Odontologia UERJ, Doutor em Odontologia UFRJ, Mestre em Dentística- UERJ

Share
Tweet
Share
Share