5 dicas para atrair a atenção dos alunos

Ministrar aulas para adultos e atrair a atenção dos alunos, pode exigir mais de um docente do que lecionar para crianças.

elsevier-post-blog-atrair-atencao.jpg

Ministrar aulas para adultos e atrair a atenção dos alunos, pode exigir mais de um docente do que lecionar para crianças.

O valor que a educação possui e como ela contribuirá para o crescimento profissional e pessoal, faz com que haja a necessidade de motivação. Um aluno motivado será muito mais participativo e entusiasmado.

Hoje em dia, os estudantes possuem acesso rápido e fácil à informação, estando conectados o tempo todo e, para que os professores apresentem uma aula bem preparada, é preciso que estejam em constante atualização.

Conquistar e motivar vem se tornando tarefas cada vez mais desafiadoras, por isso, preparamos 5 dicas de como atrair a atenção dos alunos.

A atenção dos alunos é ferramenta para o conhecimento

Manter os alunos conectados à aula satisfaz professores que passaram longas horas preparando o conteúdo a ser aplicado. Para que se tornem mais atrativas do que a teoria, é de extrema importância que as aulas possuam algum tipo de chamariz. Confira alguns:

Tenha empatia

É através da empatia que o professor consegue se aproximar do universo daqueles que estão tão perto, mas tão longe ao mesmo tempo.

Docentes que se mantém fechados, com aulas que passam certa rigidez, acabam não dando abertura para aproximações. Os alunos estão cada vez mais globalizados, tendo acesso a variados conteúdos de fontes seguras.

Por isso, há a necessidade de que professores quebrem o gelo e deixem que todos levem conhecimento à sala de aula. Através de participações, com conteúdos para compartilhamento, os alunos se sentem mais motivados e engajados.

Promova debates, formação de opiniões e interação

A empatia abre as portas para que esse tipo de metodologia possa ser inserida. Absorver conteúdos se torna muito mais fácil quando se participa ativamente deles, seja através de exemplos práticos ou estudos de caso.

Transformar a forma como o conhecimento é passado faz com que a absorção seja muito maior. Promover debates é uma forma de fazer com que os alunos consigam expressar suas opiniões e o entendimento da matéria.

Apresente conteúdos diferentes

Mudanças na sociedade levaram à inovações na tecnologia e mídias sociais transformaram a forma como o conhecimento chega aos alunos. Com isso, é necessária uma revisão de como o conteúdo deverá ser transmitido.

Conteúdos diferenciados levarão suas aulas a um patamar mais elevado e a absorção do conhecimento se dará com mais facilidade. Poderão ser utilizadas atividades como música, filmes, recursos audiovisuais, teatro, dentre outras ferramentas.

Tudo dependerá da matéria a ser aplicada e de como a turma se comporta perante a fuga do marasmo da aula metódica.

Atividades práticas e externas

Ao levar seus alunos para práticas externas, a interação entre eles facilita o compartilhamento de informações. Além disso, ao inserir no cotidiano o que foi visto como teoria, os conteúdos serão aplicados de forma natural.

É preciso incorporar matéria à vida, transformando conhecimento em uma grande experiência.

Conheça seus alunos

Por último, mas não menos importante, você deve conhecer seus alunos. É através dessa aproximação que suas aulas poderão se tornar mais dinâmicas.

Descobrir interesses, a forma como cada turma se comporta de acordo com os métodos de ensino utilizados, farão com que a sua transmissão de conhecimento se torne algo agradável para ambas as partes.

Incorporar os interesses dos alunos em suas aulas aproxima os docentes dos discentes, fator de extrema importância para o bom rendimento.

Saiba o nome de cada um dos seus alunos e, sempre que possível, dê atenção individual a eles.

O que vimos neste post:

  • Atrair a atenção dos alunos pode gerar bons resultados;
  • Ter empatia aproxima a classe dos professores;
  • A forma como o conhecimento é passado afeta no rendimento;
  • Ter em mãos conteúdos diferentes a serem aplicados ajuda na absorção;
  • Aproximação discentes e docentes.