Vida na Elsevier:
Edith Hernández Aguilera

localCidade do México, México

"Não me vejo apenas como uma vendedora; vejo meu trabalho como uma contribuição para ajudar a desenvolver um país."

Fotografia de Edith Hernández Aguilera

Qual é a sua função em ajudar a empresa a atingir as suas metas?

Entrei na Elsevier como gerente de contas para os mercados corporativos do México. Trabalho na Cidade do México. Minha função é divulgar a Elsevier e ajudar os pesquisadores de empresas comerciais a entenderem quem somos. Alguns deles conhecem a nossa empresa apenas como editora e não sabem que também oferecemos soluções que podem ajudá-los em suas pesquisas e em seus projetos. E essa é basicamente a minha função na parte de vendas: divulgar o que a Elsevier faz.

O que trouxe você para a Elsevier?

Eu trabalhei em uma empresa de TI antes deste emprego. Escolhi a Elsevier porque gostei muito do desafio de abrir novos mercados para a Elsevier e de ser a líder — a pioneira nessa área. Adoro a empresa; adoro o enfoque que damos aos clientes. A Elsevier está realmente tentando entender quais são as necessidades dos clientes para que ofereçamos uma solução real que eles precisem e para retê-los e manter relações de longo prazo. Acho que esse seja o principal foco da Elsevier, e gosto disso.

Como foi começar a trabalhar com a Elsevier?

Foi meio corrido, mas é isso que me anima. Eu estava mudando para outra empresa e estava mudando o setor em que trabalhava. Foi muito interessante conhecer o setor e saber como funciona, conhecer os produtos e ver como eu posso aplicar a minha experiência e os meus conhecimentos aqui. Foi muito interessante -- e divertido também.

Como trabalhar na Elsevier ajuda a fazer a diferença no mundo?

Buscamos soluções para cientistas, e o que faz o mundo evoluir são as novas descobertas — novas coisas que realmente fazem um país se desenvolver. Podemos oferecer informações para os cientistas que trabalham e fazem pesquisas diariamente para melhorar o desenvolvimento ou para desenvolver equipamentos que contribuam para a assistência à saúde. O mais gratificante é saber que realmente fornecemos essas informações e que essas informações ajudarão a construir algo maior. "Não me vejo apenas como uma vendedora; vejo meu trabalho como uma contribuição para ajudar a desenvolver um país."

Como trabalhar na Elsevier ajudou você a atingir um equilíbrio positivo entre trabalho e vida pessoal?

Gosto muito de equilibrar o meu trabalho e a minha vida pessoal. Jogo flag football, tenho que treinar, e tenho que estar em forma, e a Elsevier me permitiu fazer isso. Posso trabalhar pelas manhãs e ir à academia ou aos treinos à tarde, o que me permite ter esse equilíbrio, além de ter tempo para a minha família. Posso precisar sair do escritório mais cedo para resolver alguma coisa pessoal, e tudo bem; você pode fazer isso. Talvez você possa compensar à noite para terminar o trabalho. Sou grata por essa flexibilidade e abertura da Elsevier porque isso permite que eu distribua o meu tempo em diferentes áreas que preciso.

Mais pessoas

Foto de Caroline Jones

Caroline Jones

localOxford, Inglaterra

Foto de Fernanda Gusmão

Fernanda Gusmão

localRio de Janeiro, Brasil

Foto de Alicia SoSo

Alicia SoSo

localTóquio, Japão